2 de fevereiro de 2012

Porque nascer é preciso


O nascimento é um processo traumático para o bebê. Embora eu não seja um especialista recentemente pude perceber o quanto os bebês choravam naquela incubadora, apesar da temperatura ser a ideal. Observando a minha filha sentia, de certo modo, a angústia dela naqueles momentos de solidão. Nas primeiras horas o bebê fica exposto à claridade, não ouve mais o coração da mãe e não sente mais o aconchego do útero materno. Simplesmente sai de um lugar protegido para um mundo novo estranho.

Fiquei me perguntando: tudo isso é mesmo necessário? Sim. Primeiro, porque aqueles momentos na incubadora são preciosos para vida do bebê. Um menino ao lado precisou de exames especiais porque havia uma suspeita de algo poderia estar errado com ele. Lembro bem porque seus pais e avós estavam chorosos e ao mesmo tempo impotentes diante da situação. Orei pelo menino em silêncio e agradeci a Deus porque minha filha apenas chorava.

Segundo, porque chorar faz parte da nova vida. De algum modo isso ajuda o sistema respiratório responsáveis pelo ar igualmente vital.

Finalmente, e mais importante, porque nascer é preciso. O mesmo lugar calmo e aconchegante gerador da vida torna-se o sepulcro quando o bebê passa do tempo. É estranho pensar que um mesmo local possa gerar a vida e também tirá-la.

Nascer é preciso! Nascer é uma questão de sobrevivência.

O crente ao passar pelo novo nascimento experimenta um processo semelhante. Confortável e moldado ao mundo segundo os padrões da sociedade na qual todos nós somos gerados, nascer de novo trona-se igualmente traumático. Logo, as primeiras horas são vitais para o “recém-nascido” na fé. Os mais experientes precisam acompanhá-lo de perto a fim de socorrê-lo caso algo errado aconteça. No caso daquele menino foi só um susto, mas poderia ter sido fatal e com o crente não e diferente. Segundo as Escrituras, são como as sementes caídas entre as pedras que não conseguem criar raízes (Mateus 13.21).

Nascer é preciso e chorar faz parte da vida. Chorar aos pés do Senhor nos faz mais fortes (2 Coríntios 12.10), nos faz mais sensíveis à dor do outro e deveria nos fazer mais humanos. Talvez seja por isso que a Bíblia registre as vezes em que Jesus chorou.

Nascer é preciso porque a mesma sociedade que nos “gera” é também aquela que nos mata. A intrigante pergunta de Nicodemos foi exatamente essa. Ele sabia que sua vida não fazia sentido mesmo sendo ele um príncipe em Israel. Jesus aponta para a solução. “Necessário vos é nascer de novo” (João 3.7).

Portanto, nascer é preciso porque se não acabamos morrendo no antigo ambiente; ao nascer enfrentamos desconfortos iniciais (a luz, as solidão, a angústia, a insegurança etc.) por isso, precisamos de ajuda; ao nascer é natural o choro tão essencial à vida. Definitivamente, nascer não é fácil, contudo é um milagre e uma imensa alegria. Nascer é preciso!

Um comentário:

  1. Lidiane Rodrigues da Silva19 de fevereiro de 2012 12:51

    Adorei. Vc escreve maga bem. tanto quanto pregaaa.

    ResponderExcluir

Agradeço por seu comentário. Volte sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...